22 de Fevereiro, 2024

EM FOCO

Anualmente Outubro é o mês de comemoração dos Cuidados Paliativos, tanto nacional como internacionalmente, motivo pelo qual merece destaque. Este ano, o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos comemora-se a 14 de outubro e a 13 de outubro o Dia dos Cuidados Paliativos Pediátricos, datas que personificam um momento vital para a sensibilização da população em geral e dos profissionais de saúde em particular, para a integração dos cuidados paliativos nos sistemas de saúde.

Em Portugal, são mais de 100 mil pessoas – entre crianças, jovens, adultos e idosos – a necessitarem de Cuidados Paliativos, mas apenas aproximadamente 30% dos portugueses têm acesso a este tipo de cuidados.

Constituindo-se como um direito legislado em 2012, na Lei de Bases da Saúde, os Cuidados Paliativos são cuidados de saúde globais e ativos, que procuram melhorar a qualidade de vida dos doentes, das suas famílias/cuidadores pela prevenção e alívio do sofrimento, através da identificação precoce, diagnóstico e tratamento adequado da dor e de outros problemas, sejam estes físicos, psicológicos, sociais ou espirituais. Nesta filosofia de cuidados, contempla-se a pessoa como eixo dos cuidados assistenciais, com participação ativa nos processos de comunicação e tomada de decisões, assegurando o respeito pela sua autonomia, opiniões, valores e direitos. Envolvem-se igualmente e de forma ativa os membros da família/cuidadores/pessoas de referência na prevenção de crises, capacitando-os e apoiando-os no luto, de forma personalizada, para adultos e crianças, conforme a necessidade.

O mote deste ano são as “Comunidades Compassivas”, um movimento que pretende levar a uma consciencialização da comunidade em geral para os cuidados paliativos e a uma responsabilização pelo bem-estar dos outros, contribuindo igualmente para a promoção da literacia nesta área.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *